Planejamento e Execução: 6 dicas para manter o equilíbrio

Como prometemos na postagem anterior, hoje vamos lhe mostrar 6 dicas para que você consiga realizar seus projetos, mantendo equilíbrio entre o planejamento e a execução deles. Ou seja, 6 formas de não cair no Overplanning.

1. É mesmo necessário planejar, tudo isso?

Como comentamos na postagem anterior, em algumas situações, acabamos planejando mais do que o necessário e acabamos perdendo tempo. O primeiro passo então, é concentrar-se para não desperdiça-lo. Geralmente, projetos que nunca foram feitos antes, que tem erros com consequências desastrosas, que são compostos por mais pessoas e tem a necessidade de distribuir responsabilidades por ações, fases e prazos, são os que exigem mais tempo e dedicação já na fase do planejamento. Os demais, em sua maioria, podem ser simplificados. Saiba reconhecer a necessidade de cada um.

2. Defina prazos, dentro do seu prazo

Infelizmente é quase cultural em nosso país deixar para fazer as coisas em cima da hora. Mas o ideal é não desperdiçar tempo e assim que receber um prazo, fazer um rápido planejamento e distribui-lo em etapas com outros mini prazos… depois é só partir para a ação de concretização do projeto.

3. Tenha foco

Hoje é muito fácil nos distrairmos: redes sociais, chamadas no celular, telefone tocando na mesa, planejar a vida. Quando notamos, o foco já foi perdido. Mas é necessário que tenhamos mais controle sobre nossa mente para que ela faça o que tem que ser feito na hora em que deve ser feito. Existem estudos que buscam maneiras de nos ajudar à automatizar nosso comportamento, o que fará que façamos nossas tarefas por hábito, por saber que é um compromisso, ao envés de apenas aguardar nossa força de vontade para fazê-la. Um exemplo seria a técnica de Pomodoro, onde você marca em um cronometro o tempo de deseja trabalhar interruptamente e após o fim deste tempo, pode fazer “pausa prêmio” e ocupá-la com uma distração de sua escolha.

4. Comece!

Muitas vezes acabamos procrastinando porque é doloroso começar. Mas devemos estar sempre cientes de que começar a agir somente quando as coisas estiverem perfeitas não é o mais correto. Após ter uma estrutura inicial e um plano, é possível iniciar projetos, como abrir uma empresa, com o que se tem e aprimorá-los depois, conforme maiores necessidades.

5. Cuidado com o perfeccionismo…

Quando estamos envolvidos com o projeto, queremos que ele seja perfeito. E isso é ótimo, mas a cilada aqui é justamente não cair no erro de achar que não está bom o suficiente e ficar adiando o início.

6. Inclua sua equipe no planejamento

Nós sempre vemos com mais facilidade as falhas do outro. Por esse motivo é importante que você monte o planejamento em grupo. Assim, além de um corrigir as falhas do outro, o processo num todo é feito mais rapidamente. Caso você não tenha uma equipe, não deixe de apresentar sua ideia à outra pessoa, para que tenha uma nova opinião.

 

A Ercoli Consultoria trabalha com Planejamento Empresarial e Treinamentos personalizados para sua equipe, caso deseje nossa ajuda, entre em contato!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *